Polícia

Pastor de Igreja é preso após estupro de vulnerável no Bairro São Jorge

Enviado por: Augusto Ikeda 01/07/2017

Na noite da última sexta-feira (30), a Polícia Militar prendeu um pastor da Igreja Universal, suspeito de estupro de vulnerável, no Bairro São Jorge. Ele teria abusado de uma menor de 12 anos.

Segundo informações do Tenente Ronaldo Oliveira, a menor e sua mãe foram até a delegacia prestar queixa, e conseguiram anotar a placa do veículo do suspeito. A polícia conseguiu encontrá-lo e efetuou sua prisão. O pastor Renato Alves Compagna, de 30 anos, não negou que esteve na residência da menor, mas deu outra versão da história para a PM.

Em entrevista para a reportagem da TV Vitoriosa, a menor explicou que o pastor foi até sua casa e disse que queria ler a Bíblia ao seu lado. Nesse momento, ele teria dito que ela era “impura” e tinha muitos pensamentos negativos, e tocou nos seus seios e nádegas.

A mãe da menor disse que no momento do ocorrido, tinha deixado a filha de 1 ano aos cuidados da jovem para tomar banho, e que expulsou o pastor de casa assim que soube de sua presença. Pouco depois, a menina explicou que sofreu abuso, e as duas foram até a delegacia prestar queixa.

Informações no local: Léo Carvalho

Comentários...