Polícia

PC de Uberlândia prende receptador de furto de objetos avaliados em R$ 30 mil em Rio Paranaíba

Enviado por: Redação V9 29/05/2017

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da Delegacia Regional de Uberlândia – 9° Departamento de Polícia Civil, prendeu em flagrante delito em na última sexta-feira, 26, um receptador de objetos furtados no dia 25 na Fazenda Santo Amaro, localizada na zona rural de Rio Paranaíba/MG.

A vítima, José Ferraz do Valle Filho, em Rio Paranaíba narrou à PM acerca do furto de seu motor de pivô, com valor aproximado de R$ 30 mil. A equipe de Policiais Civis da 3ª Depol de Uberlândia, composta pelos Policiais Júlio, Fabrício, Roberto, Zeferino e Nyon e Dra. Daniela Novais Santana, baseou a investigação a partir de informações de que no endereço residencial, localizado no Bairro Segismundo Pereira nesta cidade, estariam os objetos furtados naquela cidade.

Uma vez no local, os Policiais foram recebidos por Alan Paulo Barcelos dos Reis, oportunidade em que apuraram a veracidade dos fatos ao depararem com os materiais estocados numa camionete S-10 e cobertos com lona. Mediante intercâmbio com a vítima José em Carmo do Paranaíba, este confirmou mediante fotos de que se tratava dos objetos de sua propriedade.

Os materiais em questão, à exceção de uma bicicleta também apreendida no imóvel, compreendem um motor MWM 6cc; 01 radiador com ventoinha e bomba d’água acoplados a polia; 01 painel de comando; 01 bateria júpiter JJ 1500; 01 bateria Batcom MXM 1300; 01 caixa de ferramentas contendo ferramentas diversas; 01 alternador e 01 turbina com tubagem.

Frente à situação, Alan Paulo foi preso em flagrante e os materiais apreendidos junto à camionete, vindo o mesmo em conversação com a equipe tentar argumentar que não sabia sobre a propriedade do veículo, nem tampouco com o que a carroceria estaria carregada.

A equipe investigativa também contou com o apoio da equipe de plantão, cuja delegada plantonista Dra Paula Andressa Freitas Mariano, autuou Alan Paulo em flagrante pelo crime de receptação. Também foi levantado mediante consulta a existência de um Mandado de Prisão em desfavor do envolvido, referente à recaptura pela Vara de Execuções Criminais de Uberlândia.

Comentários...