ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Policiais rodoviários presos na Operação Domiciano embarcam para Belo Horizonte

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Os 15 policiais rodoviários presos na Operação Domiciano embarcaram para Belo Horizonte na tarde da última quinta-feira (22), onde ficarão presos durante as investigações.

Eles chegaram até o aeroporto de Uberlândia em um ônibus da Polícia Federal, sob forte escolta da própria PF e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Um dos jatos da corporação já estava na pista, aguardando o embarque dos acusados.

Os policiais ficarão no presídio Nelson Hungria, na capital mineira, até que os inquéritos policiais e processos administrativos sejam concluídos.

Entenda o caso

A Polícia Federal (PF), em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou, na madrugada da última quinta-feira (22), a Operação Domiciano. A ação cumpriu 19 mandados de prisão preventiva e 33 mandados de busca e apreensão.

A PF prendeu 15 policiais rodoviários federais, estacionados nas cidades de Uberlândia, Araguari e Monte Alegre de Minas, mais quatro empresários, que são suspeitos de praticar atos de corrupção contra motoristas que trafegavam em rodovias.

Os acusados solicitavam propina de cidadãos que transitavam de forma irregular, deixando de lavrar autos de infração e demais sanções administrativas cabíveis.

A operação aconteceu depois de sete meses de investigação e partiu de denúncias recebidas pela corregedoria da própria Polícia Rodoviária Federal, sobre cobrança de propinas nas cidades do Triângulo Mineiro.

Informações no local: Carlos Vilela

LEIA TAMBÉM!