ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Publicações em rede social indicam que preso usa celular e internet de dentro da cela, em Uberlândia

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Nossa equipe de reportagem recebeu denúncias sobre detentos utilizando a internet e publicando fotos e mensagens nas redes sociais, de dentro das celas do sistema prisional de Uberlândia. Vários prints do perfil de um dos presos mostra que houve posts em fevereiro e março, mas esse jovem está preso desde janeiro, suspeito de ter cometido um assassinato no centro da cidade.

Nas fotos Guilherme Magalhães de Oliveira, de 23 anos, aparece deitado dentro da cela e até com algemas nos punhos. Já nas mensagens de texto, ele agradece o apoio de amigos. E o texto é sempre em primeira pessoa, indicando que ele próprio é o autor da publicação.

O crime aconteceu no dia 28 de janeiro deste ano, próximo a uma boate na Avenida Floriano Peixoto com a Rua Santos Dumont. Guilherme teria matado a tiros Jorge Luiz da Silva, de 33 anos.

Nós procuramos a direção do sistema prisional que confirmou que esse homem realmente está preso. E por meio de nota a assessoria de comunicação, em Belo Horizonte, informou que todas as medidas para coibir ainda mais estes tipos de ações já foram tomadas e acrescenta ainda que, além disso, os envolvidos serão penalizados no processo de condutas graves no histórico de suas fichas dentro do sistema.

LEIA TAMBÉM!