ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Quatro suspeitos do ataque ao banco em Pompéu-MG são presos

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Fonte: Divulgação

A Polícia Militar (PM) de Minas Gerais já prendeu quatro pessoas suspeitas de envolvimento na troca de tiros que terminou com a morte de um policial e deixou outro ferido em Pompéu, na região Central de Minas Gerais, na madrugada desta terça-feira, 5. Na ocasião um popular também foi morto.

Dois suspeitos foram presos em um posto de gasolina de Moema. A participação deles ainda não foi confirmada pela Polícia Civil de Pompéu. Outros dois foram presos na parte da tarde em um restaurante em Divinópolis, na região Centro-Oeste do Estado. Eles estavam com um veículo Corolla clonado.

Os suspeitos negam participação nas mortes, mas afirmam ter fugido porque estavam armados.

Morreram o cabo Osias Alves de Barros, de 33 anos, e um popular, Alisson dos Reis Pinheiro, de 22 anos, que passava de bicicleta pelo local, também morreu. O cabo Lucas Reis Rosa, de 27 anos, ficou gravemente ferido.

O ataque em Pompéu

Por volta de 2h, cerca de 12 criminosos, armados com fuzis e espingardas calibre 12, invadiram a cidade em quatro veículos. Parte dos suspeitos se deslocou para a sede de um pelotão da PM, e o restante seguiu para uma agência do Banco do Brasil da cidade.

Os criminosos colocaram uma corrente no portão para tentar trancar os dois policiais que estavam no pelotão e atiraram várias vezes contra o local, antes de ir embora. Enquanto isso, os demais suspeitos explodiram a agência.

Ao perceber a movimentação estranha, dois militares que estavam em serviço em uma praça próxima da agência solicitaram apoio aos policiais que estavam no pelotão, que se deslocaram para ajudar. Na praça, houve troca de tiros entre os policiais e os criminosos, e dois militares foram baleados.

No momento dos disparos, Alisson dos Reis Pinheiro, de 22 anos, que passava pelo local de bicicleta depois de deixar o comércio de sanduíches onde ele trabalhava, também foi baleado e morreu. Segundo a PM, os criminosos teriam ordenado que o jovem parasse, mas ele acabou correndo e sendo atingido.

Os bandidos colocaram miguelitos na porta do quartel e na estrada. Segundo a PM, o alvo dos suspeitos foi o cofre da agência bancária, e não os caixas eletrônicos. As buscas continuam

 

LEIA TAMBÉM!

Rapaz de 21 anos esfaqueia a própria companheira após descobrir traição

Um rapaz esfaqueou a própria companheira …

Obras de restauração do parque Pau Furado estão na reta final

O Departamento Municipal de Água e …

Jovem é morto a tiros por dupla em moto enquanto estava na mesa de bar em Patos de Minas

Carlos Antônio Alves Fernandes,conhecido como “Tata”, …

Brasil e México encerram 1ª fase do Mundial de Futebol de Areia Raiz

O clássico latino-americano entre Brasil e …