ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Vigilante do Pronto-Socorro de Patrocínio morre 15 dias após levar golpes de foice na cabeça

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Edevaldo dos Reis Gonçalves levou golpes de foice na cabeça

Patrocínio confirmou nesta segunda-feira, 27, o 10º homicídio deste ano de 2017. Morreu na UTI da Santa Casa depois um vigilante que foi agredido a golpes de foice por um vizinho. A vítima Edevaldo dos Reis Gonçalves trabalhava no Pronto-Socorro.

O crime aconteceu no dia 12 de março na Rua Quintiliano Alves, no Centro da cidade. Populares encontraram Edevaldo caído ao lado de seu veículo um Gol de cor branca. Ele apresentava corte profundo na cabeça e intensa hemorragia. A foice usada pelo agressor estava jogada ao lado.

No dia do fato a Polícia Militar apurou que Edevaldo havia brigado com o vizinho, de 33 anos, horas antes do crime. Inclusive os dois foram conduzidos à delegacia em decorrência do desentendimento. O suspeito não foi localizado.

A vítima foi imobilizada pelo Corpo de Bombeiros e conduzida inconsciente para atendimento médico. No fim da tarde desta segunda-feira, após 15 dias, ele não resistiu.

LEIA TAMBÉM!