Política

DNIT fará obras emergenciais em ponto da BR-050 onde abriu-se uma cratera

Enviado por: Carolina Vilela 26/04/2017

Mais uma audiência foi registrada na Justiça Federal nesta terça-feira, 25, para resolver a situação em que está aquele trecho da BR-050, entre Uberlândia e Araguari, onde uma cratera está tomando conta da rodovia e colocando em risco a vida de quem passa por ali. Um impasse sobre quem teria a responsabilidade sobre o trecho tem atrasado a solução de problemas críticos.

Participaram da audiência o Ministério Público Federal (MPF), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Ministério dos Transportes, Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit) e a MGO Rodovias, a empresa que administra a BR-050.

Foram várias horas de audiência. Na tentativa de um acordo, o Dnitt assumiu que fará as obras emergenciais, já que os trechos com problemas ainda estão sob concessão do órgão. Mas o superintendente afirmou que ainda não tem recurso.

O órgão tem em orçamento R$ 500 milhões para manutenção de toda malha viária este ano. Por isto não tem como fazer as intervenções necessárias para entregar de fato os trechos da rodovia para a MGO Rodovias. A ANTT informou que fez estudos sobre os impactos financeiros pela proposta apresentada pela MGO para recuperação dos trechos que vai do km zero ao km 65,7 e do quilômetro 174 ao 180. Estas obras emergenciais podem gerar um impacto na tarifa do pedágio, de 10,92%.

A cratera formou-se em novembro de 2012

Repórter no local: Camila Rabelo

Comentários...