Meio milhão de máscaras produzidas em unidades prisionais são distribuídas

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Equipamentos de proteção contra covid-19 atenderam população de 12 municípios; mais itens serão disponibilizados

Alertar a população sobre a necessidade do uso contínuo de máscaras de proteção é o objetivo da Campanha de Conscientização e Distribuição de Máscaras do Plano Minas Consciente, do Governo de Minas, no enfrentamento à covid-19. 
 
Balanço indica que 500 mil máscaras produzidas por detentos de unidades prisionais do estado foram distribuídas, até o momento, para a população de 12 municípios nos meses de maio e junho. E a previsão é de que mais meio milhão de itens sejam distribuídos nos próximos meses em outras cidades.
 
A produção tem sido realizada desde abril de 2021, quando detentos de unidades prisionais das mais variadas regiões de Minas Gerais começaram a produzir máscaras de proteção individual. Galpões se tornaram verdadeiras fábricas repletas de linhas, tecidos e máquinas espalhadas por toda parte. Atualmente, a produção acumulada soma quase seis milhões de unidades fabricadas. 
 
Parcerias
 
A iniciativa atrai muitas empresas e instituições públicas, que se tornaram parceiras e vêm doando insumos para a confecção das máscaras. 
 
Os itens são  distribuídos prioritariamente para as forças de segurança, que seguem com seu trabalho de forma ininterrupta, e também para hospitais, asilos e servidores municipais de prefeituras que possuem parceria com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).
 
Para o diretor de Trabalho e Produção do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG), Paulo Duarte, poder participar da campanha com o Governo de Minas, a Fundação João Pinheiro e demais instituições tem despertado em todos o sentimento de cooperação, responsabilidade social e, para os internos, reintegração social.
 
“É muito valoroso para nós, como servidores públicos e policiais penais, perceber que podemos fazer a diferença além dos muros das unidades. Os detentos ficam satisfeitos em ajudar a sociedade e contribuir de alguma forma neste momento tão difícil para todos”, detalha. Segundo Paulo, a produção fabril continua para que mais máscaras possam ser distribuídas para a população. 
 
Até o momento, a distribuição das máscaras por meio da campanha ocorreu em Belo Horizonte, Araçuaí, Capelinha, Contagem, Curvelo, Diamantina, Manhuaçu, Ouro Preto, Paracatu, Patos de Minas, Ponte Nova, Unaí e Vespasiano. 
 
Além da Sejusp, por meio da Polícia Penal, participam da campanha a Fundação João Pinheiro, a Secretaria de Estado de Saúde, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, o Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Militar e a Empresa Mineira de Comunicação.
 
Outras ações e iniciativas de distribuição também têm sido realizadas pela Polícia Penal, em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e demais instituições parceiras em outros municípios mineiros. 

Fonte: Agência Minas

LEIA TAMBÉM!