Movimentos contra corrupção sugerem nomes a Temer para substituto de Teori

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Representantes de 44 movimentos de combate à corrupção encaminharam ao presidente Michel Temer uma lista com a indicação de oito advogados, procuradores e desembargadores para a substituição do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, morto na última quinta-feira, 19, em um acidente aéreo em Paraty (RJ). Os nomes, apoiados por cinco juristas, foram apresentados nesta quarta-feira, 25, a assessores de Temer no Palácio do Planalto. De acordo com os integrantes dos grupos que participaram do encontro, a expectativa é se reunir com o presidente nos próximos dias para endossar a indicação.

Os representantes defendem que o substituto apoie “estritamente” a Operação Lava Jato, que tenha “histórico de integridade”, bom currículo técnico e a nomeação deve ser apartidária.

Os nomes sugeridos pelos movimentos são: desembargador federal Fausto Martin De Sanctis, o ex-procurador de São Paulo Hélio Egydio de Matos, o professor de Direito Tributário Humberto Bergmann, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Ives Gandra Martins Filho. Também fazem parte da lista o desembargador João Batista Gomes, o procurador do Ministério Público de Contas Júlio Marcelo de Oliveira, o advogado criminalista Roberto Delmanto Júnior e o doutor em Direito Penal Roberto Livianu.

“O Supremo não pode continuar sendo um órgão por onde passam processos tão importantes como a Lava Jato, e ser composto por indicações políticas. Essa carta vem como início de um grande debate que a gente vai iniciar a respeito dos critérios de indicação políticos utilizados”, disse a presidente da Associação Brasil Nas Ruas, Carla Zambelli.

Alguns movimentos que assinam o documento são Instituto Acorda Brasil, Movimento Brasil, Fora Corruptos e Limpa Brasil. Os juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior, autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, também apoiam as indicações. Na carta, os signatários lembram da prerrogativa presidencial de indicar o substituto, mas alegam que o “momento urge” uma participação popular “nunca vista” e pedem que Temer atenda o pedido.

Agência Brasil

LEIA TAMBÉM!