MP pede extinção de contrato entre escritório de advocacia e Prefeitura de Uberlândia

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

O Ministério Público na cidade de Uberlândia recomendou à Prefeitura Municipal que o contrato com o escritório de Advocacia Ribeiro Silva no valor de R$ 400.500 fosse rescindido.

Depois das denúncias feitas pela TV Vitoriosa, o MP entendeu que pode existir algumas irregularidades em contratações. Por isso, sugeriu o fim do contrato. A recomendação foi publicada no Diário Oficial do Município de 14 de julho, pedindo a rescisão do contrato 068/2017. Para isso, dois dos 3 integrante são pessoas ligadas ao escritório Ribeiro Silva Advogados Associados.

A partir daí foi nomeada uma comissão para apurar os fatos narrados na recomendação. Será concedido um prazo de 60 dias para a conclusão dos trabalhos prorrogável por mais 60 dias.

Relembre o caso

A Operação Isonomia, deflagrada pelo Gaeco, desmantelou uma fraude que burlava licitações. A denúncia da promotoria era que o escritório Ribeiro Siva seria o cabeça do esquema. Ele influenciava as prefeituras a contratar outro escritório de advocacia, com o objetivo de obter como vantagem a metade dos lucros. A promotoria qualificou o esquema como tráfico de influência.

Repórter: Carlos Vilela

LEIA TAMBÉM!