Prefeitura de Uberlândia apresenta Lei Orçamentária Anual de 2018

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Fonte: Fellipe Duarte/Reprodução TV Vitoriosa

Na última semana, a prefeitura de Uberlândia, em audiência pública, apresentou a Lei Orçamentária Anual (LOA) que estará em exercício em 2018, bem como o Plano Plurianual (PPA) que irá reger as diretrizes da administração municipal até 2021.

Segundo as estimativas apresentadas pela atual administração, a cidade de Uberlândia deverá ter uma receita de pouco mais de 2.5 bilhões de reais para o ano de 2018. Esse valor é 1% maior do que foi estimado para este ano pela gestão anterior.

Origens

As origens desse valor divulgado costumam variar. Por exemplo, 1.2 bilhão são oriundos de receitas próprias do município, como IPTU, ISS e ITBI. Já pouco mais de 825 milhões são de receitas vinculadas, ou seja, verbas que são enviadas pelo governo estadual e o federal. E 522 milhões são enviados pelas autarquias.

A secretaria municipal que seria contemplada com o maior valor é a de saúde, que deve receber 591 milhões de reais, seguida pela de educação, que trabalhará com um orçamento de 546 milhões.

“As prioridades da administração são as áreas de saúde, educação e as áreas sociais. Não que as outras não sejam contempladas, mas as que mais vão ter prioridade são essas áreas”, explicou Lindolfo Vilela de Andrade, assessor municipal de finanças.

Informações no local: Camila Rabelo

LEIA TAMBÉM!